Tudo o que é muito, é demais…

Descoberta no rádio do carro sobre a ponte Rio-Niterói…
Por um bom tempo, espontaneamente, ficamos cantando o refrão inicial.
O que as crianças devem ter entendido?
Muitas coisas que não sabem ainda…

Minha Filosofia
Composição: Aluísio Machado

Vai passar
Esse meu mal estar
Esse nó na garganta
Deixe estar…
O próprio tempo dirá
Água demais mata a planta

Tudo que é muito, é demais
Peço: me perdoe a redundância
Entrelinhas só quero lembrar
Que a terra fértil um dia se cansa
É uma questão de esperar
Relógio que atrasa não adianta
E o remédio que cura
Também pode matar
Como água demais mata a planta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s